AcontecendoGeralAvaré entra em situação de emergência e comércio deverá fechar a partir de segunda-feira

Estabelecimentos ligados ao ramo alimentício, saúde e distribuidoras de água e gás ficam de fora
A Comarca20 de março de 20201332 min
https://www.jornalacomarca.com.br/wp-content/uploads/2020/03/situação.png

O prefeito da Estância Turística de Avaré, Jô Silvestre, baixou novo decreto municipal adotando mais medidas em decorrência da pandemia mundial do novo coronavírus (covid-19), e determinou o fechando do comércio avareense por um prazo de 10 dias a partir do dia 23 de março, segunda-feira.

O decreto nº 5.777, de 20 de março de 2020, inclui o fechamento de bares, lanchonetes, restaurantes, hotéis, pousadas (ficando permitido somente o atendimento no sistema delivery), agências bancárias, fábricas e indústrias com mais de 10 funcionários, pet shops, clubes, Camping Municipal, Parque Fernando Cruz Pimentel (Emapa), Horto Florestal e creches (20 dias).

Excetuam-se os estabelecimentos ligados ao ramo de produtos alimentícios e de saúde, como mercados, supermercados, padarias, farmácias, distribuidora de água mineral e gas, lojas de pet e postos de gasolina,

O descumprimento por qualquer empresa implicará na cassação do alvará de funcionamento. As empresas do ramo alimentício como mercados, supermercados, padarias, açougues, além de farmácias, distribuidoras de água mineral, postos de gasolina, lojas de produtos de saúde, lojas de produtos animais, distribuidora de gás, deverão continuar operando normalmente.

Qualquer cidadão poderá denunciar o descumprimento das empresas pelos telefones (14) 3711-2500 ou (14) 3711-2579.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *