AcontecendoDestaqueArcebispo permite reabrir igrejas “apenas para oração”

Novas normas passam a valer a partir do dia 15
A Comarca9 de junho de 20201474 min
https://www.jornalacomarca.com.br/wp-content/uploads/2020/06/Santuário-II-Fábio-Mota.jpg

Gesiel Júnior

Especial para A Comarca

 “Somente para oração pessoal”. Essa é a ressalva que o arcebispo dom Maurício Grotto de Camargo faz no decreto publicado na segunda-feira, 8, no qual autorizou, dentro de um processo gradual, a abertura de igrejas e capelas no território da Arquidiocese de Botucatu, incluindo as sete paróquias de Avaré.

“Consideramos que ainda não é prudente autorizar o retorno das celebrações com a presença dos fiéis”, realçou o líder da Igreja Católica na região. Ele, porém, determina que na frequência aos templos os fiéis usem obrigatoriamente máscaras e observem o distanciamento de dois metros entre as pessoas.

A medida passa a valer na segunda-feira, 15 de junho, mas permanece proibida a aglomeração de fiéis, “sobretudo dentro do recinto sagrado”, enfatiza dom Maurício, que delegou a cada pároco ou administrador paroquial a competência de decidir o horário de abertura e fechamento dos templos, levando em consideração a “realidade pastoral” de cada um.

O arcebispo também recomendou que cada paróquia monte uma equipe para monitorar e orientar as visitas às igrejas. A essa equipe caberá fornecer álcool em gel na entrada, máscara facial gratuitamente para os que aparecerem desprotegidos, sinalização dos locais a serem ocupados nos templos, higienização e limpeza do ambiente ao menos duas vezes ao dia, além da manterem janelas e portas abertas para facilitar a ventilação.

Orientação médica

A decisão de dom Maurício foi tomada no último sábado, quando reuniu-se para ouvir os pareceres dos padres coordenadores das quatro regiões pastorais (Botucatu, Avaré, Lençóis Paulista e Laranjal Paulista) e do médico Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza, infectologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, que integra o Centro de Contingência do Covid-19 no Estado de São Paulo.
Foto: Arcebispo Dom Maurício
Foto capa: Santuário de Nossa Senhora das Dores – crédito Fábio Mota

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *