DestaquePolíciaCasal que aplicava golpes do cartão em idosos na região é preso em Itatinga

Golpes foram aplicados em Santa Cruz do Rio Pardo, Chavantes, Piraju, Fartura, Bernardino de Campos, Itararé, Itapeva, Cerqueira Cesar e Avaré
A Comarca25 de fevereiro de 20235 min
https://www.jornalacomarca.com.br/wp-content/uploads/2023/02/GOLPE-1.jpg

Na noite de sexta-feira (24), durante patrulhamento pela Rodovia Presidente Castello Branco (SP-280), em Itatinga, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária observou um veículo com placas de São Paulo, não sendo possível a visualização de seus ocupantes devido a película não refletiva que encobria os vidros (insufilm), realizando a abordagem no km 212, sentido interior/capital.
Em contato com o casal que estava no interior do veículo, os policiais perceberam versões contraditórias, visto que o condutor afirmava apenas que era motorista de aplicativo e que só estava fazendo uma corrida para a passageira. Já essa passageir informou, primeiramente, que estava de retorno do presídio de Pacaembu/SP após visitar seu amásio. Depois alegou ser garota de programa e que estava retornando para casa após ter passado alguns dias com o cliente.
A equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), diante das alegações desencontradas dos abordados, resolveu vistoriar o automóvel e acabaram localizando alguns documentos bancários (saldo, acompanhamento de benefícios, extrato) em nome de pessoas diversas, 7 máquinas de cartão (débito, crédito, compras) de várias marcas e modelos, um crachá de prestador de serviço com a foto da mulher abordada, porém, com nome fictício de “Angélica Assis” e R$ 2.178,00 em espécie.
Após a localização desse material pela equipe, ficou claro que os ocupantes estavam praticando o crime de estelionato na região através do golpe do cartão. Os ocupantes foram questionados novamente a respeito e, nessa oportunidade, a mulher confessou estar praticando o crime de estelionato em várias cidades da região (Santa Cruz do Rio Pardo, Chavantes, Piraju, Fartura, Bernardino de Campos, Itararé, Itapeva, Cerqueira Cesar e Avaré) juntamente com o condutor do automóvel, sendo que ela tem a função de ir até as residências de vítimas, principalmente idosos, para buscar cartões bancários que as mesmas já tinham sido convencidas a entregar, por telefone, pelos outros integrantes da quadrilha. Com os cartões e as senhas em mãos, pois os estelionatário já haviam convencido as vítimas a revelarem por telefone, a abordada confessou que ia até bancos a fim de verificar extratos bancários, saldos, etc e passava a fazer transações bancárias, compras nas maquininhas localizadas no interior do automóvel.
Foi dada voz de prisão em flagrante para A. G. N. de 29 anos e I. R. P. de 22 anos pelo cometimento do crime de estelionato, Art. 180 do Código Penal, e a ocorrência foi encaminhada ao Plantão da Polícia Civil de Botucatu. Na delegacia houve a apreensão dos objetos e qualificação dos envolvidos para posterior inquérito policial.

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *