AcontecendoDestaqueGeralGoverno de São Paulo vai anunciar plano estadual de vacinação

O governo paulista ainda espera uma liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso da vacina
A Comarca3 de dezembro de 2020543 min
https://www.jornalacomarca.com.br/wp-content/uploads/2020/12/coronavac.jpg

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na quinta-feira (03) que vai apresentar um programa estadual de imunização contra o coronavírus na próxima segunda (07).

O anúncio vem na esteira do dito pelo Ministério da Saúde, que prevê dar início à campanha de vacinação da Covid-19 em março do ano que vem, para grupos prioritários, como idosos e profissionais da saúde.

Em São Paulo, o primeiro lote de matéria-prima para a fabricação do imunizante CoronaVac chegou na manhã de quinta no aeroporto de Guarulhos. São 600 litros de produtos vindos da China para a fabricação de 1 milhão de doses da vacina, feita pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

“Vamos apresentar o programa estadual de imunização, completo, com os setores que serão priorizados, volume, regiões, áreas, segurança, logística. Já temos o programa de São Paulo há 20 dias”, disse Doria.

O governo paulista ainda espera uma liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso da vacina. Além do lote que chegou na quinta-feira, os paulistas já têm em mãos 120 mil doses prontas, que chegaram em 19 de novembro.

“Este programa só poderá ser aplicado a partir do dia 15 de janeiro [de 2021], a partir do próprio prazo que a Anvisa solicitou para a análise final da testagem da vacina do Butantan”, completou o tucano.

A expectativa é que os resultados de eficácia da CoronaVac mais precisos sejam divulgados entre os dias 14 e 15 de dezembro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *