AcontecendoMoradores da Vila Jardim reclamam de sujeira e abandono de barracão de reciclagem

Moradores da Vila Jardim reclamam de sujeira e abandono de barracão de reciclagem Imóvel fica localizada em frente a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro; além do mau cheiro, vizinhos também denunciam a proliferação de mosquitos e de animais peçonhentos   Da Redação   Moradores que residem próximo a um antigo barracão de reciclagem localizado na Vila Jardim, em Avaré, formalizaram uma denúncia na Vigilância Sanitária devido ao intenso mau cheiro, além da...
Avatar A Comarca2 de março de 2015

Moradores da Vila Jardim reclamam de sujeira e abandono de barracão de reciclagem

Imóvel fica localizada em frente a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro; além do mau cheiro, vizinhos também denunciam a proliferação de mosquitos e de animais peçonhentos

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Barracão de reciclagem localizado na Vila Jardim, em Avaré

 

Da Redação

 

Moradores que residem próximo a um antigo barracão de reciclagem localizado na Vila Jardim, em Avaré, formalizaram uma denúncia na Vigilância Sanitária devido ao intenso mau cheiro, além da proliferação de mosquitos e animais peçonhentos no local. Imóvel fica localizada em frente a uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Ainda segundo os moradores, no local funcionava uma empresa de reciclagem de lixo que acabou fechando. Vários materiais recicláveis foram abandonados, o que gerou o problema do mau cheiro e a proliferação de insetos e de ratos, baratas, mosquitos, entre outros. O imóvel estava alugado para o vereador Júlio César Theodoro, o Tucão.

Em entrevista à Comarca, a diretora da Vigilância Sanitária de Avaré, Isabel Cristina Silva Oliveira, confirmou ter recebido denúncias sobre a área e afirmou que o órgão já teria notificado a proprietária do local, que apresentou defesa.

CONTRATO – Em nota, a proprietária do imóvel afirma que o barracão foi alugado em dezembro de 2012 para o vereador Tucão, que na época possuía uma empresa de coleta e reciclagem. Em sua defesa, ela anexou o contrato de locação. Ela afirma que Tucão “não está honrando o compromisso de pagamentos de aluguéis, pedimos que retirasse o material do imóvel… mas, infelizmente, não cumpriu”. Ela teria pedido providências da Vigilância Sanitária para que falasse com o antigo locatário.

Sobre o assunto, a diretora do órgão confirma o recebimento da resposta da proprietária: “Nós autuamos a proprietária do local e ela apresentou a defesa com a cópia do contrato. Estamos analisando e vendo quais medidas que poderão ser adotadas”.

Isabel revelou ainda que, mesmo com as denúncias, os fiscais não poderiam invadir o local por se tratar de área particular. Mas os fiscais constataram a presença de vários materiais recicláveis. Ela destaca que, caso a proprietária não tome as providências necessárias para solucionar o caso, ela deverá ser multada. Os valores podem chegar a R$ 100 mil.

INDIGNAÇÃO – A Comarca esteve no local e pode comprovar o problema. Vários sacos com produtos recicláveis estão espalhados pela local aguardando remoção. Moradores informaram que na última semana funcionários teriam mexido nos sacos, o que teria agravado a proliferação dos mosquitos.

Enquanto a reportagem estava no local, foi procurada por vários moradores, que mostraram indignação com o problema. “Estamos sofrendo com os mosquitos, ratos e aranhas. Lamentável este tipo de coisa. Esse material já era para ter sido retirado há muito tempo”, disse revoltada uma munícipe.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Quer falar com a gente?

Avenida Gilberto Filgueiras, 1402
Avaré / SP - CEP. 18706-240

E-mails:
j.acomarca@gmail.com
comercial@jornalacomarca.com.br

14 3733.2023 / 3733.2633

Assine já! 14 3733 2023

Jornal A Comarca, 2019 © Todos os direitos reservados