DestaquePolíticaSindicato convoca assembleia para discutir reajuste salarial dos servidores públicos municipais

Evento está marcado para a próxima terça-feira, 28, na Concha Acústica
A Comarca22 de janeiro de 20203953 min
https://www.jornalacomarca.com.br/wp-content/uploads/2020/01/Greve-em-Avaré-4.jpg

Em uma postagem feita em sua página do Facebook, o Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de Avaré está convocando todos os filiados ou não à entidade para participarem de uma assembleia marcada para a próxima terça-feira, 28, na Praça Prefeito Romeu Bretas (Concha Acústica).

Nos últimos dias, professores da rede municipal de ensino mostraram descontentamento com o governo do prefeito Jô Silvestre que não tem dado cumprimento à Lei Complementar que rege sobre a progressão de carreira do magistério, sem falar na reposição inflacionária que deveria ser obedecida anualmente pelo Executivo.

“Convido a todos os servidores filiados ou não ao sindicato a participarem da assembleia que será realizada no dia 28 de janeiro, a partir das 17 horas, na praça da Concha Acústica, sendo que os assuntos a serem abordados serão o reajuste salarial dos seguintes anos 2017, 2018 e 2020, planos de cargos, carreira e salário do magistério e servidores no geral. Compareçam, pois unidos somos mais fortes”, diz a nota postada pelo presidente do sindicato, Luiz do Espírito Santo, o popular Léo da Ambulância.

AÇÃO NA JUSTIÇA – Esta semana, depois de se reunirem com o Departamento Jurídico do sindicato, os professores concordaram com a decisão de que fosse impetrada uma ação coletiva contra a Prefeitura de Avaré por não cumprimento da Lei Complementar 216/16. Segundo publicado pelo Jornal do Ogunhê, independentemente de serem filiados ou não ao sindicato, as informações dos profissionais do magistérios que fazem jus à progressão serão levantadas e constarão da ação que será entregue ao Poder Judiciário nos próximos dias pelas advogadas do sindicato.

Foto: Reprodução TV Tem

LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRESSA DESSE SEMANA.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *