AcontecendoOcupação irregular às margens da linha férrea ganha a nova via aberta pela prefeitura

Além das moradias que vêm sendo erguidas, alguns pontos também viraram depósito de entulhos na Vila Martins III
A Comarca20 de julho de 2021536 min
https://www.jornalacomarca.com.br/wp-content/uploads/2021/07/Paulo-Ward-e-Francisco-Gurgel-Pismel-4.jpg

Em recente reportagem veiculada no Jornal A Comarca, as ocupações irregulares às margens da linha férrea têm crescido na medida em que melhorias ocorrem na infra-estrutura urbana de bairros na periferia. Provas disso estão nas ocupações que vêm surgindo na recente via totalmente asfaltada e aberta pela prefeitura, a rua marginal que leva o nome do ex-vereador Paulo Fernando Lopes Ward, que liga a Vila Martins III e conflui com a Rua Alagoas (Túnel Milton Monti), até a Vila Jardim.

Além de entregar essa importante ligação, a prefeitura ainda implantou ao longo da marginal uma trilha para caminhadas, academia ao ar livre dentro de um projeto chamado de Parque Linear Municipal. O detalhe é que em meio ao projeto já existem moradias erguidas próximas do espaço da calçada.

Outro ponto observado pela reportagem é a falta de estacionamento para carros no ponto central do parque linear, onde está localizado o playground. Em tese, esse local serviria como “ponto de partida” para caminhadas ao longo da via marginal, mas o problema é que não existe como parar o carro na via sem que ele atrapalhe o fluxo de veículos.

Também foi constatado que o projeto ainda está em fase de execução, o que sugere que a prefeitura ainda pode incluir uma provável área para estacionamento de veículos nas imediações do ponto central do parque linear que também aguarda por iluminação pública.

CONTINUAÇÃO – Já a marginal da Vila Martins III, a Rua Francisco Gurgel Pismel, há tempos vem sendo ocupada irregularmente. A Comarca já noticiou diversas vezes a questão e citou, inclusive, a existência de uma espécie de “especulação imobiliária”, já que existem lotes com demarcações ao longo da rua.

Em determinados pontos há vários depósitos formados por entulhos, pois a falta de locais apropriados está fazendo com que inúmeros depósitos clandestinos surjam pelos quatro cantos da cidade.

Outro local com várias moradias improvisadas é a ligação entre a Vicinal Avaré-Itatinga aos bairros do Plimec (Egídio Martins da Costa) e o recém inaugurado Residencial Água Branca III. A via ainda não possui nenhum tipo de pavimentação, mas se a melhoria ocorrer certamente poderá provocar o surgimento de mais moradias às margens da linha férrea.

Vale destacar ainda que ocupações irregulares estão ocorrendo há tempos na vicinal Avaré-Itatinga, lotes formados muito próximos ao acostamento da via asfáltica, um risco para motoristas que trafegam diariamente, assim como aos próprios moradores.

ÁREA DE LAZER DA VILA MARTINS III – ABANDONADA

LOTES ESTÃO SE TRANSFORMANDO EM DEPÓSITOS DE ENTULHOS

A FOTO ACIMA MOSTRA OCUPAÇÃO IRREGULAR NA VIA RECENTEMENTE ABERTA PELA PREFEITURA, A RUA PAULO FERNANDO LOPES WARD.

MAIS OCUPAÇÃO IRREGULAR NA RUA FRANCISCO GURGEL PISMEL, NA VILA MARTINS III, VIA QUE DÁ ACESSO À RUA PAULO WARD.

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *